Garra Team

Modalidades

Boxe Chinês (Kung Fu)

Kung Fu ou Gong Fu é uma palavra chinesa em forma coloquial que pode significar "Estudo", "Virtude", "Habilidade adquirida através de esforço" e "Competência na luta corporal", mas não é um termo exclusivamente ligado à arte marcial chinesa. Por exemplo, se alguém cozinha bem, pode-se dizer que essa pessoa tem Kung Fu em culinária.



História

O Boxe Chinês ou Kung Fu é uma Arte Marcial de origem chinesa que encanta há milhares de anos.

Segundo historiadores e arqueólogos chineses, sua história conta com aproximadamente 3500 anos. Suas origens são lendárias, e, segundo elas, resultou dos embates entre os humanos e animais selvagens. Lembramos que são apenas lendas, não existe nada comprovado.

A arte do Kung Fu ou "Wushu", como dizem na China, é muito popular no mundo todo, e na atual situação o Kung Fu está servindo como uma grande fonte de renda através do turismo para aquele país.

No Kung Fu existem muitos estilos. Estima-se que são mais de 1000, é claro, mas muitos se perderam, com o passar do tempo. Entre os que estão ativos, uns são fundamentados em animais e outros não. Entre os que estão relacionados aos animais, os mais populares são: Tigre, Louva a Deus, Garça, Serpente, Gato, Leopardo, Águia. Mas todos seguem um padrão técnico bastante semelhante no jeito de executar suas técnicas. Quase todos os estilos de Kung Fu possuem sequências de movimentos que se chamam Taolu ou Kuen, onde aprende-se, primeiro, as sequências e depois, são aplicadas em lutas, tornando mais fácil o aprendizado do aluno praticante.

As características mais fortes nos métodos de prática dos movimentos estão na divisão regional, devido às diferenças geográficas. Apesar da China ser um país com diversos tipos de relevo e com todos os seus pontos cardeais naturalmente, no Kung Fu, para facilitar dividiu-se em apenas norte e sul. O norte Chinês é mais montanhoso, com um clima obviamente mais frio. Os chineses do norte utilizavam-se de roupas mais grossas para melhor proteção do frio e possuíam as pernas fortalecidas devido à convivência nas montanhas. Sendo assim desenvolveram um Kung Fu de movimentos mais amplos, de forma a não ser atrapalhados pelas grossas roupas que coibiam alguns golpes. Valorizaram bastante os chutes, principalmente os mais altos, aproveitando as pernas fortes.

O sul Chinês possui relevo um pouco mais plano em relação ao norte, com maior abundância de rios e chuvas, com temperaturas mais elevadas. Por esta razão, os estilos de Kung Fu do sul da China desenvolveram-se com características diferentes aos do norte. As bases de pernas são mais baixas, ou seja, mais plantado ao solo, adaptando-se a situação geográfica da região sul daquele país. Com chutes mais baixos e fortes, sempre priorizando as pernas e o baixo ventre, e em menor quantidade, valoriza-se o uso dos braços através de socos, arremessos e agarramentos mais rígidos, visando uma luta mais breve. Esta é apenas uma pequena descrição nas divisões mais marcantes entre os estilos do Sul e Norte da China. Naturalmente existem outros fatores que se fazem pertinentes sobre as diferenças estratégicas nas aplicações de suas técnicas, principalmente costumes, filosofias, religiões, culturas regionais, etc.



Quem pode praticar?

Destina-se a todos interessados a praticar uma arte marcial chinesa de estrema eficiência, que traz em sua essência as táticas de combates orientais e leva seus praticantes a serem pessoas com segurança e equilíbrio perfeitos.

« Voltar ao topo

Visite também

Apoio

Bento Gonçalves  -  RS  -  Fone: (54) 9605.0055  -  eduardo@garrateam.com.br